'Kubica? Não é bom para a Fórmula 1 ter alguém com uma deficiência'

Antigo campeão do Mundo é contra a presença do polaco no paddock

0 aos 100 25/03/2019 Desporto

Jacques Villeneuve, campeão do mundo em 1997, criticou o regresso de Robert Kubica à Fórmula 1, apesar de admirar a determinação do piloto polaco.

Kubica sofreu um grave acidente em 2011, no rali, que lhe deixou marcas na mão direita e o afastou durante largos anos da F1, mas esta época está de volta ao circuito, ao serviço da Williams. Villeneuve não concorda com o regresso: "Eu acho que é terrível. Não é bom para o desporto."

“Eu já disse isto no ano passado e não vou mudar minha opinião. A Fórmula 1 deveria ser o pináculo das corridas, é a classe dos melhores entre os melhores. Não é bom para o desporto ter alguém com uma deficiência, porque o é, a participar. Pelo menos, não na Fórmula 1, talvez noutras classes", sustentou o piloto canadiano, em entrevista ao site holandês "Formule1.nl".

Relacionadas:

Para Villeneuve, "a Fórmula 1 deve ser dura, deve ser difícil e quase inalcançável", pelo que o regresso de Kubica "não envia a mensagem certa".

Apesar disto, Villeneuve elogiou o facto de Kubica ter regressado à Fórmula 1, depois de tantos anos de luta.

"É uma grande conquista, é realmente inacreditável", assumiu. “Quando fazemos algo que amamos e isso nos é retirado, sabemos o que estamos a perder. Por isso, vamos trabalhar ainda mais para o recuperar. Eu também tenho certeza que ele fará tudo para ficar no topo. Se eu estivesse no lugar dele, faria o mesmo", acrescentou.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva
DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente