Novo Tesla Roadster promete esmagar!

Elon Musk é peremptório: "O propósito de tudo isto é tornar os desportivos a gasolina obsoletos"

Miguel Costa 17/11/2017 Noticias

O Tesla Roadster está de volta e promete arrasar. A começar desde logo pelos números: 1,9 segundos dos 0 aos 100 km/h, o que faz dele o carro de produção mais rápido do mundo. Mais: uma autonomia máxima de 620 milhas, ou seja, cerca de 1000 quilómetros.

A segunda geração do Tesla Roadster conta com três motores, um à frente e dois atrás, capazes de ajudar na vectorização de binário. É que o binário máximo ronda os 10.000 Nm!! Sim, dez mil. As baterias, com 200kWh, vão permitir aliar uma velocidade máxima superior a 400km/h uma autonomia de 1000km. 

Segundo Elon Musk, “o propósito de tudo isto é tornar os desportivos a gasolina obsoletos. Conduzir um desportivo a gasolina no futuro será equiparável a algo com um motor a vapor”.

Os números arrepiam (e devem deixar preocupados os responsáveis de Ferrari, Lamborghini e Bugatti, entre outros): 0 aos 100 km/h em apenas 1,9 segundos e fazer o 1/4 de milha (400 metros) em somente 8,9 segundos.

O interior oferece quatro lugares e diversos espaços para carga e como se trata de um roadster, também está incluído um tejadilho rígido amovível, para que possa conduzir sem capota.

O que também parecerá surreal, pelo menos para a maior parte dos clientes, é o preço. Com um depósito de 50.000$ para fazer as encomendas, valor reembolsável, o custo de adquirir um Tesla Roadster será de 200.000$.

Mas quem deseje entrar no lote de 1000 proprietários a adquirir a edição de lançamento, designada Founder Series, o preço será de 250000$ e será necessário colocar imediatamente todo este montante na conta da Tesla.

A data de entrega aos clientes, essa, é mais complicada de prever, mas segundo Elon Musk, o calendário aponta para o ano 2020.

Deixe o seu comentário