Os segredos do próximo Audi A3

Primeiros detalhes de uma das novidades mais aguardadas do ano

0 aos 100 29/01/2019 Noticias

É o senhor que se segue na Audi. A gama A3 é a próxima na linha da renovação do catálogo da marca alemã, depois do A8, A6 e A1.

O modelo, de resto, já foi visto em testes, com vista ao lançamento em 2019. Não se esperam alterações profundas, mas antes uma evolução, com a tecnologia a fazer a diferença.

No interior, por exemplo, é de esperar a introdução do painel de instrumentos digital, assistente por voz, um enorme ecrã tátil para controlar o novo sistema de infoentretenimento e outras opções que farão as delicias dos condutores amantes da tecnologia.

Veja ainda:

Uma das alterações mais importantes tem a ver com o número de variantes. Atualmente, a gama A3 é composta pelas carroçarias hatchback de 3 portas, Sportback de 5 portas, Limousine de quatro portas e Cabrio. Com o salto de geração, metade delas serão eliminadas. É o caso da variante de três portas e do descapotável, que desaparecem de catálogo.

Por fora, o novo A3 deverá seguir as linhas do novo Q3, com alguns “toques” de A6 e do Q8, embora não seja de esperar grandes rasgos de ousadia, seguindo a filosofia até aqui e seguida pelos novos Classe A e Série 1, os seus principais concorrentes.

Na mecânica, mantêm-se os motores 1.5 TSi a gasolina (35 TFSi) e 1.6 e 2.0 a Diesel (30 TDi e 35 TDi), com potências entre os 150 e os 230cv (fora os S e RS), com a gama a ser completamentada com variadas versões híbridas (incluindo mild-hybrid), além de um A3 Plug-in (de ligar á tomada).

Quando será apresentado? Espera-se que seja no segundo semestre do ano, algures em setembro, para a estreia oficial no Salão Automóvel de Frankfurt, com as primeiras entregas a ter lugar no início de 2020.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Teste ao Usado: BMW 520d Touring. Elegância é isto!
Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'