McLaren destapa 600LT Spider

Quinto Long Tail da McLaren mantém a premissa LT: é mais leve, mais rápido e tem produção limitada

0 aos 100 16/01/2019 Noticias

A McLaren reforça a linhagem “Longtail” com o lançamento do 600LT Spider, o quinto elemento da família.

O novo descapotável tem tejadilho rígido retrátil segue a filosofia LT (Longtail) da McLaren, de mais potência, peso reduzido, aerodinâmica otimizada, dinâmica focada para a pista e produção limitada.

Conta com um tejadilho rígido retrátil, composto por três peças, que representa mais 50 kg em relação ao Coupé, que pode ser aberto ou fechado em movimento até uma velocidade até 40 km/h.

O peso fica-se pelos 1297 kg, menos 100 kg que o 570S Spider, o modelo que lhe serve de base. Dispensa, por exemplo, sistemas de áudio e climatização.

O motor V8 biturbo de 3,8 litros debita 600 cv e 620 Nm, que associado a uma caixa automática de sete velocidades, leva o 600LT Spider dos 0 aos 100 km/h em 2,9 segundos, de 0-200 km/h em 8,4 segundos, apenas mais 0,2 segundos do que o Coupé. A velocidade máxima é de 324 km/h com a capota fechada, ou 315 km/h com o teto recolhido.

Relacionadas:

Um dos detalhes mais distintivos do 600LT Spider, de resto, à semelhança do Coupé, encontra-se na traseira, onde surgem duas enormes saídas de escape posicionadas na zona do compartimento do motor e orientadas para o...céu.

A asa traseira fixa gera 100 kg de força descendente a 250 km/h, enquanto as suspensões são de duplos triângulos em alumínio forjado com amortecedores recalibrados comparativamente ao Coupé, os apoios de motor mais rígidos e o sistema de travagem com discos carbocerâmicos.

O interior orientado para a condução em pista apresenta revestimento quase integral em Alcantara, bancos do tipo bacquet em fibra de carbono, iguais aos do McLaren P1. Os bancos de competição estão disponíveis como opção ou integrado no pacote MSO Clubsport.

A produção do 600LT Spider não se prolongará por mais de 12 meses, pelo que será limitada a um número reduzido de unidades. O preço anunciado é de 227 mil euros, antes de impostos.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente
Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva