Volkswagen apanhada outra vez. Agora com o motor 1.2 TDi

Volkswagen poderá enfrentar novos problemas por causa dos motores a gasóleo

0 aos 100 14/01/2019 Noticias

Segundo o jornal alemão “Bild am Sonntag”, a Volkswagen foi apanhada a “mentir” outra vez. Agora com o motor 1.2 TDi, que estará equipado com um software para enganar os testes de emissões.

Na Europa, há 370.000 automóveis que estão sob suspeita. A KBA motor abriu uma investigação sobre este motor mais de dois depois de, em 2016, a Volkswagen ter assegurado que este motor não teria qualquer dispositivo ilegal.

Devido a esta situação, os procuradores alemães preparam-se para acusar formalmente vários responsáveis por suspeita de fraude.

Relacionadas:

Um porta-voz do construtor alemão admite que os controlos de qualidade internos revelaram algumas irregularidades nos motores 1.2 a gasóleo, do modelo EA189, que agora estão a ser analisadas.

Segundo a Bloomberg, a marca de Wolfsburg está a trabalhar em conjunto com a KBA para identificar as unidades irregulares e desenvolver uma atualização para o popular 1.2 TDi.

A confirmar-se este caso, é a segunda vez que o grupo Volkswagen enfrenta um caso de fraude nos automóveis a gasóleo, depois de, em setembro de 2015, foram detetados 11 milhões de automóveis com um software que enganava os testes de emissões poluentes.

A situação afetou 125 000 automóveis em Portugal, onde, até ao momento, faltam “reparar” mais de 17 mil carros.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva
DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente