Portimão investe 1,5 milhões de euros no regresso do MotoGP

Aprovada proposta de apoio financeiro para trazer o MotoGP para o Autódromo do Algarve

0 aos 100 09/01/2019 Desporto

A Câmara Municipal de Portimão aprovou, por unanimidade, uma proposta de apoio financeiro de um milhão e meio de euros para trazer o MotoGP para o Autódromo do Algarve.

Segundo o jornal Correio da Manhã, o objetivo é assegurar a ronda lusa da categoria rainha do motociclismo no Autódromo Internacional do Algarve durante pelo menos três anos entre 2020 e 2022.

Relacionadas:

A mesma fonte adianta que a autarquia já aprovou, por unanimidade, uma proposta de apoio financeiro de 1,5 milhões de euros (500 mil euros por época). "As negociações estão em curso", afirmou ao CM Isilda Gomes, presidente da câmara, que defende tratar-se de um evento com "retorno económico para Portimão e para o Algarve".

O esforço para o regresso do MotoGP a Portugal, agora com Miguel Oliveira na grelha, está a ser feito com a ajuda da Federação Internacional do Motociclismo (FIM), que pela primeira vez é liderada por um português.  

O Grande Prémio de Portugal de MotoGP realizou-se pela última vez em 2012, após 12 anos consecutivos no autódromo Fernanda Pires da Silva, no Estoril.

Em 2013, os promotores optaram por deixar cair Portugal e fazer entrar a Argentina no calendário mundial.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Teste ao Usado: BMW 520d Touring. Elegância é isto!
Teste ao Usado. Mercedes-Benz CLA Shooting Brake 180d AMG: Fazer tudo bem não é para todos...