General Motors vai encerrar sete fábricas

Entre as fábricas visadas, encontra-a a fábrica em Oshawa, no Canadá, onde se situa a sede da General Motors

0 aos 100 26/11/2018 Noticias

A General Motors (GM) vai fechar sete fábricas em 2019. Segundo os jornais “Financial Times” e o “The New York Times”, a decisão está inserida numa estratégia de corte dos custos para fazer face ao abrandamento da economia norte-americana e aos impactos da guerra comercial entre os Estados Unidos e a China.

Com esta decisão, a GM pretende cortar em 15 por cento no número de trabalhadores (cerca de 8000) para economizar 6 mil milhões de dólares (5,2 mil milhões de euros) até finais de 2020.

A decisão abrange o encerramento nos Estados Unidos e no Canadá de três fábricas de montagem e duas fábricas de produção de motores, e ainda outras situadas duas fora daqueles países.

No final de dezembro de 2017, a General Motors tinha 180 mil funcionários em todo o mundo, sendo estes os últimos números disponíveis.

"As medidas que estamos a tomar atualmente vão permitir-nos prosseguir a transformação para sermos mais rápidos, mais resistentes e mais rentáveis", afirmou a presidente executiva do grupo, Mary Barra, citada no comunicado.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente
Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva