Nissan Leaf com autonomia para 378 km

Mais tecnologia e autonomia para a nova geração do modelo elétrico mais vendido do mundo

Miguel Costa 06/09/2017 Noticias

A resposta da Nissan ao Tesla Model 3, considerado por muitos como a revolução do carro elétrico acessível, é dada através da segunda geração do Leaf, o pioneiro dos elétricos de grande escala.

A segunda geração do modelo lançado em 2010 e que vendeu mais de 280 mil unidades em todo o mundo, chega com um formato menos “espacial” e uma autonomia para 378 km, no ciclo NEDC.

Posteriormente, algures em meados de 2018, será lançada uma versão e+, com maior autonomia (fala-se em cerca de 500 km com uma só carga).

Quanto ao motor, este é novo, agora de 110 kW (em vez de 80 kW do antecessor), o que equivale a 150 cv. O binário máximo também cresceu de 254 para 320 Nm.

As baterias de iões de lítio são agora de 40 kWh (antes de 30 kWh) e podem ser carregadas em 16 horas numa tomada convencional (80% em 40 minutos numa tomada rápida).

Não menos relevante é o conjunto de novidades tecnológicas, onde se destaca o sistema Propilot (um modo de condução autónoma), o sistema de estacionamento autónomo Propilot Park e o E-Pedal, que permite imobilizar a viatura libertando o pedal do acelerador.

Deixe o seu comentário