Miguel Oliveira despede-se do Moto2 com vitória

Terceira vitória do piloto português na temporada

0 aos 100 18/11/2018 Desporto

Miguel Oliveira despediu-se do Moto2 com uma vitória no Grande Prémio de Valência, a terceira da temporada, que valeu o título mundial de equipas à Red Bull KTM Ajo.

O piloto da KTM, que partiu da décima posição da grelha, terminou as 25 voltas ao traçado Ricardo Tormo com o tempo de 45.07,679 minutos, deixando atrás de si os espanhóis Iker Lecuona (Swiss Ivestors KTM), a 13,201 segundos, e Alex Márquez (Marc VDS Kalex) a 22,175 segundos.

Com este resultado, e devido à queda do italiano Luca Marini (Sky VR46) e ao 14.º lugar do também transalpino Francesco Bagnaia, a equipa do português assegurou o título, com 498 pontos contra os 453 da Sky.

Relacionadas:

"Disse que queria chegar aqui e lutar pela vitória. As condições eram traiçoeiras, não era uma questão de ser rápido mas constante. Volta após volta a pista ia secando, os pneus ficavam mais quentes e era fácil cair, percebi isso quando o Márquez caiu à minha frente", afirmou.

Com três vitórias ao longo da época, Miguel Oliveira segue para o MotoGP na próxima época, mas não deixa de agradecer à equipa. "Não posso agradecer o suficiente à equipa. Acabámos em segundo lugar, com muitos pódios, foi um bom final", disse no final.

No campeonato de pilotos, Miguel Oliveira terminou no segundo lugar, nove pontos atrás de Bagnaia, antes de subir às MotoGP no próximo ano.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Toyota Corolla Touring Sports TREK, uma carrinha com 'alma' SUV
Mercedes-Benz B 250e: ora elétrico, ora gasolina!