Mão portuguesa no primeiro painel de instrumentos curvo

Leva o selo de Braga o primeiro painel de instrumentos do mundo a simular a curvatura percepcionada pelo olho humano. Encontra-se no novo Volkswagen Touareg

0 aos 100 14/11/2018 Noticias

A Bosch instalou o primeiro painel de instrumentos curvo do mundo num veículo de produção em série, o novo Volkswagen Touareg. O que há muito tempo chegou às salas de estar em casa das pessoas e também aos smartphones está agora a ser colocado na estrada pela Bosch como o primeiro deste género em produção em massa.

“Os dias dos painéis de controlo totalmente planos chegaram ao fim. Com o primeiro painel de instrumentos curvo do mundo, a Bosch dá início a uma nova dimensão nos cockpits de veículos”, afirma Steffen Berns, presidente da divisão Car Multimedia, empresa com sede em Braga. O painel de instrumentos “curvo” vai oficializar a sua estreia no Innovision Cockpit do novo VW Touareg. Uma inovação que contou com mão portuguesa.

A “criatividade” e o “know-how” dos engenheiros da Bosch Car Multimedia, em Braga, fizeram parte “desta nova solução”, anuncia a empresa em comunicado, sendo que a equipa de engenharia mecânica será responsável “por especificar e desenhar todas as partes físicas do produto”, assim como pela assemblagem, a expedição e “pelo projeto para futuros designs e adaptações do produto”, avança Carsten Stoll, líder da equipa de engenharia mecânica para Sistemas de Instrumentação da Bosch Car Multimedia.

O que é o ecrã curvo e para que serve?

Ver o velocímetro, mapas de navegação ou a lista telefónica, obter informação em todo o ecrã em conjunto ou com outros conteúdos num painel de instrumentos de quase 31 centímetros (12.3 polegadas), fazer zoom no mapa do gps diretamente no ecrã, nova funcionalidade que será lançada no Innovision Cockpit do Touareg, ver uma rota enquanto se escolhe uma música da playlist, usar os comandos no volante ou recorrendo ao touchscreen.

Tudo isto acontece na curvatura do display que simula a “curvatura percecionada pelo olho humano”, garante a Bosh. Tal permite ao condutor “identificar mais facilmente os sinais de aviso, mesmo os das extremidades do ecrã”. E graças ao ‘optical Bonding’, o condutor tem “visibilidade permanente do conteúdo que quer consultar”, sendo que este tipo de ecrã tem quatro vezes menos reflexos que um display convencional, ou seja, o contraste é sempre maior, seja em ambientes escuros ou luminosos.

Relacionadas:

A inovação agora introduzida permite também limpar o tablier de botões e sinais. “Este tipo de ecrã permite maior liberdade e espaço para as construtoras inovarem no design dos seus habitáculos”, conclui Steffen Berns.

Em Portugal, o novo Touareg está disponível apenas com o motor V6 3.0 TDI em duas variantes de potência: de 231 e 286cv. Os preços arrancam nos 83.900 euros, antes de despesas administrativas.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'
Teste ao Usado. Mercedes-Benz CLA Shooting Brake 180d AMG: Fazer tudo bem não é para todos...