Panigale V4, do MotoGP para a estrada

Primeira mota de série da Ducati dotada de um motor de quatro cilindros em ângulo de 90

Miguel Costa 06/11/2017 Noticias

É o mais próximo das Desmosedici utilizadas no MotoGP, a Panigale V4 é também a primeira mota de série da Ducati dotada de um motor de quatro cilindros em ângulo de 90.

A V4 chega para substituir a Panigale 1299 S, que era até então a moto mais potente, com 205 cv. Pela primeira vez, a marca italiana aposta num motor de 4 cilindros para a produção em massa, deixando para trás os motores de 2 cilindros, como o da Panigale 1299.

A moto utiliza como base o motor Desmosedici Stradale V4, com 1103 cc, e 214 cv de potência a 13000 rpm. O binário máximo é de 122 Nm às 10000 rpm.

Oriundo do MotoGP é também a tecnologia utilizada no chassis e o desenho, com a carenagem de dupla camada, bem como o novo quadro, que constitui uma evolução da estrutura do monocoque. Concebido a partir da experiência adquirida pela marca no Mundial de MotoGP, usa o motor como elemento estrutural de todo o quadro e confere a toda a estrutura frontal um peso de apenas 4kg.

O objetivo foi o de manter a tradicional leveza das desportivas da marca italiana, com a exceção de apostar num motor de 4 cilindros, naturalmente mais pesado que o de 2 cilindros.

Mesmo assim, a V4 ficou com apenas 198 kg, para a versão de entrada, 195 kg para a S e apenas 173 kg para a V4 Speciale.

A V4 S distingue-se pelas suspensões Öhlins com sistema Smart EC 2.0, jantes forjadas em alumínio e uma bateria em iões de lítio. No caso da Speciale, a potência chega mais longe com um total de 226 cv.

Esta última terá uma produção limitada de 1.500 unidades e conta com uma decoração especial, escape em titânio, banco em tecido ultra suede, e outros pormenores exclusivos que reduzem o seu peso para os 173kg.

Os preços para Portugal ainda não foram divulgados, mas para termo de comparação, em Espanha, começam nos 25.190 euros. A versão Speciale começa nos 45.000 euros, que sobe a 49.500 euros com a opção de jantes em magnésio. Chegam entre janeiro e março.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Mazda3 1.8 Skyactiv-D 116cv Evolve: Direto ao topo
Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'