Ford GT com produção alargada 'para satisfazer a procura'

Ford vai produzir cerca de 1.350 unidades do superdesportivo, dado que a procura excede a produção numa proporção de seis para um

0 aos 100 18/10/2018 Noticias

A Ford anunciou que a produção do superdesportivo Ford GT será alargada por cerca de mais dois anos, de forma a satisfazer a enorme procura por parte dos clientes.

Assim, a empresa prepara-se para entregar cerca de 1.350 novas unidades do Ford GT a clientes de todo o mundo. A partir de 8 de Novembro e durante um mês, a Ford vai reabrir a janela de candidaturas a clientes de mercados seleccionados que aspirem juntar-se ao restrito grupo de proprietários do Ford GT.

Os potenciais proprietários poderão submeter as suas candidaturas através da plataforma dedicada FordGT.com, sendo que depois, os candidatos que vierem a ser aprovados irão trabalhar com o Ford GT Concierge Service, com vista a uma experiência de aquisição personalizada.

“A reacção ao nosso Ford GT é algo sem precedentes, com a procura a exceder a oferta numa proporção superior a seis para um”, refere Hermann Salenbauch, Director da Ford Performance. “Com a extensão da produção do Ford GT por um período limitado, vamos conseguir manter a exclusividade deste ultradesejável superdesportivo e, ao mesmo tempo, oferecer a experiência de propriedade a um maior número de clientes, para além dos 80 proprietários europeus do Ford GT que, até à data, já receberam o seu modelo único e exclusivo.”

A Ford havia anunciado que a produção do Ford GT – modelo animado por um motor V6 EcoBoost bi-turbo de 3,5 litros e dotado de arquitectura em fibra de carbono, aerodinâmica activa e com uma velocidade máxima de 347 km/h – era limitada a 1.000 veículos, ao longo de 4 anos, num processo iniciado em Dezembro de 2016.

Relacionadas:

Mais recentemente, a empresa anunciou a criação de uma nova versão denominada Ford GT Heritage Edition, comemorativa dos 50 anos sobre as vitórias do Ford GT40 em Le Mans (1968 e 1969). Esta edição limitada conta com a decoração exterior Gulf Oil, em homenagem à versão de competição original, incluindo a combinação das cores Heritage Blue e Heritage Orange.

Os candidatos europeus que vierem a ser aprovados serão elegíveis para tomar posse das unidades Ford GT produzidas entre os anos de 2020 e 2022.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Mazda3 1.8 Skyactiv-D 116cv Evolve: Direto ao topo
Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'