Este é o novo Jeep Wrangler

Um ícone que volta a recriar-se

Miguel Costa 01/11/2017 Noticias

O Jeep Wrangler acaba de iniciar um “novo capítulo numa história de sucesso com mais de 75 anos”, diz a marca em comunicado. Para além de um exterior e interior revisto, sistema de travagem de emergência em cidade e novas motorizações caracterizam a nova geração.

O desenho está mais moderno, embora sem perder qualquer traço do modelo original. As maiores diferenças encontram-se nas óticas, na icónica grelha e no painel de instrumentos.

"O melhor SUV de sempre oferece agora melhores capacidades 4x4, um design moderno que permanece fiel ao original, mecânica mais eficiente e mais tecnologias de segurança", sublinha a Jeep, adiantando ainda que tem um "prático para-brisas dobrável para os puristas do todo-o-terreno".

A nova geração do jipe estará disponível em 2018 em versões de três e cinco portas.  Posteriormente será reforçada com uma inédita pick-up, que poderá chamar-se JT ou Scrambler.

Quanto à mecânica, a Jeep não adiantou detalhes, mas, pelo menos nos EUA, haverá novidades com o motor 2.8 a ser substituído por um 2.0 de quatro cilindros. Há ainda uma opção 3.6 V6.

Na Europa, o atual 2.8 Diesel de quatro cilindros poderá ser substituído por um V6 3.0, mais evoluído, mas também mais penalizado fiscalmente.

Em termos tecnológicos, destaque para o sistema de controlo de estabilidade eletrónico, travagem de emergência em cidade, o sistema Rain Brake Support (um assistente à travagem quando é detetado tempo molhado) e direção com peso variável.

Por dentro, destaque para um sistema de infotainment com ecrã de 7 e 8,4 polegadas. O sistema permitirá aceder a informação específica para fora de estrada, nomeadamente, o ângulo da direção, latitude, longitude e altitude. Existe ainda um indicador à parte para o ângulo de ataque, ventral e de saída.

Deixe o seu comentário