Bruno Magalhães com continuidade no Europeu em risco por falta de patrocínios

Terminou rali Barum no nono lugar e poderá falhar o rali da Polónia

0 aos 100 26/08/2018 Desporto

Bruno Magalhães terminou este domingo no nono lugar o rali Barum, na República Checa, mantendo o segundo lugar no Europeu de ralis, mas tem a continuidade em risco devido à falta de patrocínios. Precisamente, devido à falta de patrocínios, o piloto luso, vice-campeão europeu, vai ficar de fora da próxima prova, a decorrer na Polónia.

"À partida não estarei presente, a não ser que algo mude significativamente", disse este domingo, em declarações divulgadas pela sua assessoria de imprensa. "Ter chegado até aqui foi muito importante para nós e isso só foi possível com o apoio dos nossos patrocinadores, que acreditaram no nosso trabalho", disse ainda Bruno Magalhães, no final de um rali marcado pela chuva.

O piloto do Skoda Fabia R5, que é navegado por Hugo Magalhães, ganhou uma posição relativamente ao primeiro dia da prova checa, sexta do campeonato, mas perdeu terreno no campeonato para o russo Alexey Lukyanuk, segundo neste rali.

Bruno Magalhães concluiu as 15 especiais da prova com o tempo de 2:13.13 horas, a 5.25 minutos do vencedor, o checo Jan Kopecky, noutro Skoda Fabia R5.

"Não fizemos a melhor escolha de pneus e, claro, fomos penalizados troço a troço com isso. A chuva trocou-nos as voltas. E numa prova em que cometer erros é algo fácil de acontecer, tivemos de fazer as coisas com muita calma e sem correr riscos para garantir chegar ao final do rali. Foi uma prova muito dura e traiçoeira e, sendo os primeiros na estrada sem qualquer referência das condições que íamos encontrar, fomos ainda mais penalizados. Tenho pena, mas pelo menos fica a satisfação de termos trazido até ao final o carro sem qualquer dano", finalizou.

Já o outro português a participar neste rali, Aloísio Monteiro, desistiu na 10.ª especial da prova, na sequência de um despiste.

O campeonato prossegue nos dias 21 a 23 de setembro, na Polónia, penúltima prova deste Europeu. Bruno Magalhães é o segundo classificado, com 113 pontos, a 35 de Alexey Lukyanuk, que tem agora 148.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Teste ao Usado: BMW 520d Touring. Elegância é isto!
Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'