Ricciardo confirmado na Renault em 2019

Piloto australiano troca Red Bull pela Renault. Acordo é para os próximos dois anos

0 aos 100 03/08/2018 Desporto

A Renault anunciou, esta sexta-feira, a contratação de Daniel Ricciardo para a temporada 2019 de Fórmula 1.

"A Renault Sport Formula One Team tem o prazer de confirmar que Daniel Ricciardo irá juntar-se à equipa a partir da éoca de 2019. Ele vai fazer equipa com o atual piloto Nico Hulkenberg”, acrescentou a construtora francesa nas suas plataformas. De acordo com o comunicado da equipa, o piloto australiano assinou pela Renault "para os próximos dois anos".

Este anúncio surge no mesmo dia em que a Red Bull esclareceu que o piloto não iria ficar na equipa austríaca.

"Daniel Ricciardo informou-nos que irá deixar a equipa no final da temporada 2018. Tendo-se juntado à família Red Bull em 2008, como membro da Red Bull Junior Team, onde ganhou inúmeros títulos juniores, Daniel fez sua estreia na F1 em 2011 no Grande Prémio da Inglaterra. Depois de duas temporadas com a Scuderia Toro Rosso, Daniel juntou-se a nós em 2014 e até hoje deu à equipa sete vitórias, 29 pódios, duas poles e 904 pontos no campeonato", escreveu a Red Bull em comunicado.

Christian Horner, chefe de equipa, diz respeitar a decisão do australiano em mudar de ares.

"Respeitamos a decisão de Daniel em deixar a Aston Martin Red Bull Racing e desejamos-lhe o melhor para o seu futuro. Gostaríamos de agradecer-lhe pela dedicação e pelo papel importante que desempenhou desde que se juntou à equipa em 2014, destacando claro as sete vitórias e os 29 pódios que ele conseguiu até agora connosco", disse Horner, sem avançar ainda quem será o parceiro de Max Verstappen para a próxima época.

Relacionadas:

"Vamos agora continuar a avaliar as inúmeras opções disponíveis antes de decidirmos qual o parceiro de Max Verstappen para a temporada de 2019. Enquanto isso, ainda restam nove corridas em 2018 e estamos totalmente focados em maximizar todas as oportunidades para Max e Daniel, até ao fim da temporada", completou.

O piloto de 29 anos, atualmente quinto colocado no Mundial de pilotos de Fórmula 1 deste ano, ganhou sete Grandes Prémios desde a sua estreia em 2011.

Deixe o seu comentário