Sabia que já se vendem mais 530e que 520d?

O mesmo acontece na berlina Série 3, onde o 330e arrasa o 318d e o 320d

Luis Neves 09/07/2018 Noticias

É uma das muitas curiosidades que se pode concluir depois de uma análise às vendas da BMW em Portugal nos primeiros seis meses do ano: o destronar da preferência do Diesel no Série 5 a favor do híbrido Plug-in a gasolina.

Nos primeiros seis meses do ano venderam-se algo como 350 unidades do 530e (a partir de 64.390 euros), mais 30 que o 520d (não inclui o 520d ED, do qual foram vendidas 16 unidades, ou carrinha) - o 530e não existe como carrinha Touring.

Mais expressiva é a importância que o 330e já tem nas vendas do Série 3 berlina. Nos primeiros seis meses do ano foram vendidas 256 unidades do híbrido Plug-in, contra as 141 unidades do 318d ou as 37 unidades do 320d.

Outra das curiosidades são os números dos modelos M. De todos o que mais salta à vista é o M2, do qual foram vendidos nos seis primeiros meses algo como 61 unidades (5 das quais em junho, por exemplo).

Neste espaço de tempo foram ainda vendidas uma dezena de M3, quatro M4 Cabrio e 18 M4 Coupé, dos quais 2 são CS (com 460cv).

elacionadas:

Quanto ao novo M5, já foram entregues 10 unidades aos clientes que aguardavam pelo mais explosivo dos Série 5.

Também este mês de junho começaram a ser entregues os primeiros i8 Roadster, sendo que já foram entregues dois exemplares. Do Coupé foram vendidos sete exemplares nos primeiros seis meses.

Outra curiosidade é ver que venderam-se mais Série 4 Cabrio (42 exemplares) que Coupé (apenas 21 unidades), sendo que do Gran Coupé foram vendidos algo como 654 unidades (a versão mais vendida é o 420d, com 466 unidades).

Deixe o seu comentário